Criar um Site Grátis Fantástico
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
2





Partilhe esta Página




Formiga Panda-Evolução das Vespas
Formiga Panda-Evolução das Vespas

Formiga Panda (Euspinolia militaris) - Evolução das Vespas.

Esta espécie foi descoberta em 1938 e habita as florestas de esclerofilas chilenas .

Tem sido chamada de " Formiga Panda " devido à sua coloração; com a pelagem branca cobrindo toda a cabeça, exceto os olhos, e manchas pretas e brancas aparecendo sobre o resto do corpo.

A coloração é aposemática(*) , servindo de alerta aos predadores de sua picada dolorosa e poderosa. As fêmeas não têm asas e os machos têm asas. Eles medem até 8 milímetros de comprimento.

São ectoparasitasde larvas maduras ou pré-pupas de outros insetos como acontece com outros mutilídeos, com as fêmeas usando o ovipositor para inserir ovos nas células da cria hospedeira e para picar (para defesa).

Como outros mutilídeos, durante o acasalamento, presume-se que os machos levantem as fêmeas e procedam ao acasalamento enquanto estão no ar.

(*) Aposematismo é a publicidade feita por um animal a predadores em potencial de que não vale a pena atacar ou comer.

Esta falta de lucratividade pode consistir em quaisquer defesas que tornem a presa difícil de matar e comer, como toxicidade, veneno , gosto ou cheiro desagradável, espinhos afiados ou natureza agressiva.

O aposematismo sempre envolve sinais publicitários , que podem assumir a forma de coloração, sons, odores ou outras características perceptíveis . Sinais presumidos são benéficos para predadores e presas, uma vez que ambos evitam danos potenciais.

 

O termo foi cunhado por Edward Bagnall Poulton para o conceito de coloração de advertência de Alfred Russel Wallace .

O aposematismo é explorado no mimetismo mülleriano , onde espécies com fortes defesas evoluem para se assemelharem. Ao imitar espécies de cores semelhantes, o sinal de alerta para os predadores é compartilhado, fazendo com que eles aprendam mais rapidamente com menos custos para cada uma das espécies.

Um sinal aposemático genuíno de que uma espécie realmente possui defesas químicas ou físicas não é a única maneira de deter predadores.

No mimetismo batesiano, uma espécie que imita se assemelha a um modelo aposemático de perto o suficiente para compartilhar a proteção, enquanto muitas espécies têm exibições deimáticas de blefe que podem assustar um predador por tempo suficiente para permitir que uma presa indefesa escape.

Euspinolia militaris

 

Classificação Científica:

Reino:  Animalia

Filo:       Arthropoda

Classe: Insecta

Ordem:                Himenópteros

Subordem:         Apocrita

Superfamília:    Vespoidea

Família:               Mutillidae

Gênero:              Euspinolia

Espécies:            E. militaris

Mickel , 1938

Nome Binomial: Euspinolia militaris

FONTE: https://en.wikipedia.org/wiki/Euspinolia_militaris

Professor Andersen (Grupo ASA Saúde Ambiental). (11) 4119-0219/11-96424-9997-What’s App.