Criar uma Loja Virtual Grátis
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
1





Partilhe esta Página




SANITIZAÇÃO para Coronavirus-Covid19
SANITIZAÇÃO para Coronavirus-Covid19

11-93044-4093 - SANITIZAÇÃO para Coronavirus  

Covid19 (Desinfecção de Ambientes). Chame o grupo ASA.

SANITIZAÇÃO (DEFINIÇÃO): Conjunto de medidas adotadas (NORMALMENTE) na indústria alimentícia para fabricação de produtos dentro das condições higiênicas indispensáveis. Todavia em tempos de Coronavirus, a Sanitização é uma opção segura e eficaz.

Acabam por co-relação, sendo utilizados também para empresas, condomínios, escolas, hospitais, restaurantes, etc..., utilizando métodos mais adequados para cada local a ser aplicado.

O que é limpeza e sanitização?

Quando se fala em limpeza e sanitização, pensa-se logo primeiramente em água, pois esta representa o principal agente ou veículo responsável pelas atividades de limpeza e higienização, claro!

Limpar é principalmente, lavar, remover toda e qualquer sujeira, que possa estar presente nos recintos da indústria e do comércio, principalmente da produção animal. 

O que é sanitização de ambientes?

Sanitização de Ambientes: É o processo, em que se aplica a higienização e eliminação de agentes causadores de muitas infecções, alergias e até patógenos que causam muitas enfermidades, tais como, bronquite, asma, renite alergias, dentre muitas outras, além de muitos inconvenientes desconfortos, que provem dos fungos ou até mesmo de bolor (mofo).

Ao se aplicar a sanitização, criamos uma camada protetora que age impedindo a proliferação de microorganismos como fungos e bactérias. 

Qual a diferença de higienização e limpeza?

higienização também conhecida por sanitização ou desinfecção, é um dos métodos que mais são aplicados e indicados, que são executados após a limpeza geral, porquanto, ela irá eliminar os micro-organismos vivos, como fungos, ácaros e bactérias que vivem no ambiente, ou seja, nas superfícies, no ar e até mesmo presentes nas poluições ambientais, sendo eles, os principais causadores de doenças e alergias respiratórias, tanto em crianças, como em adultos.

 

Qual a diferença entre desinfetar e esterilizar?

 

Desinfecção:

A desinfecção é um processo que acaba eliminando a maioria dos microrganismos presentes nas superfícies. Normalmente, utilizamos cloro, hipoclorito de sódio e álcool para esse fim, que podem ser enquadradas nas denominações de desinfecções de baixa ou de alta eficiência.

Na desinfecção de baixa complexidade, são extraídas as bactérias vegetativas e alguns tipos de vírus e fungos. Até seria considerada técnica completa, não fosse por alguns esporos bacterianos ou vírus (alguns esporulados) que acabam permanecendo nos equipamentos ou algumas superfícies.

Agora, desinfecção de baixo nível é feita apenas utilizando o álcool etílico, álcool isopropílico, quartenário de amônia, álcool n-propílico, além do hipoclorito de sódio.

Desinfecção de alto nível utiliza cloro, hipoclorito de sódio, compostos clorados, ortophtalaldeído, glutaraldeído, ácido peracético, solução de peróxido de hidrogênio e água superoxidada.  Sendo que neste grau de limpeza, sobreviverão apenas os chamados lentos, como alguns esporos bacterianos e vírus.

 

Esterilização:

Apesar de ser um processo mais difícil de aplicar, devido a falta de equipamentos, os quais são encontrados especificamentes em locais, como hospitais, clinicas ou laboratórios, o processo de esterilização é normalmente utilizado como um complemento muito mais eficaz na a eliminação de todas as formas de vida presentes em materiais, e aí sim concretizando a limpeza, de maneira totalmente eficaz, claro que quando realizada de forma técnica e correta, passando pela conferencia, através de CLEAN TEST (ou A test), que comprovam 100% do objetivo, que é a esterilização e eliminação de todas as bactérias, fungos, vírus e esporos.

Neste processo, o segredo será a utilização de vapor, calor, vácuo. E nele utilizados agentes químicos, físicos e físico-químicos de acordo como o tipo de material e sua resistência ao processo de vaporização e aquecimento.  A esterilização física é feita sempre com a utilização de radiação (raios) ultravioleta, flambagens, estufas, autoclaves, raios Gama e em alguns casos equipamentos pasteurizadores.

Porém a esterilização química é feita com aldeídos como glutaraldeído e formaldeído, ou com ácido peracético.

 

Limpeza ou Higienização:

Têm por objetivo principal a remoção de resíduos orgânicos e minerais que foram fixados nas superfícies, que são constituidos por proteínas principalmente, ou gorduras, carboidratos e até minerais, podendo ser definidas como uma forma de remoção das contaminações mais visíveis de superfícies. 

Quais os principais agentes sanitizantes?

Os principais agentes químicos são: compostos iodados, cloro, quaternários de amônio, ácidos, agentes gasosos e antibióticos.

Ligue para: 11-4119-0219-Grupo AsA Controle de Pras e Sanitização de Ambientes-11-94907-8414-zap

ddserv@msn.com - dd-sp@dd-sp.org